Fique bem informado

6 dicas de gestão eficaz para síndicos

Por Thiago Badaró*

Assumir o cargo de síndico não é tarefa fácil. A gestão de condomínios requer uma série de habilidades que vão muito além da organização de assembléia e prestação de contas.

Independente do perfil de cada condomínio, existem posturas básicas que se aplicam a todos os síndicos e que podem garantir o sucesso da sua gestão, quando observadas de forma rigorosa.

A seguir, daremos 6 dicas para você sindico implementar uma gestão eficaz no seu condomínio.

1 – Crie uma rotina de organização.

Parece óbvio, mas este é o primeiro passo para a implementação de uma gestão eficaz no seu condomínio. Ao criar uma rotina de organização de documentos, trabalhos e atendimento aos condôminos, o sindico trabalha com qualidade e ganha tempo para resolver emergências.

2 – Quando possível, delegue ou terceirize!

Muitas vezes o síndico não é apenas síndico, também exerce outra profissão remunerada. Para que o excesso de tarefas nãos consuma o gestor e prejudique o resultado dos trabalhos que estão sendo feitos, é importante que o síndico tenha bom senso e transfira algumas de suas responsabilidades para a zeladoria ou para a administradora de condomínio.

Esta prática permite que o síndico foque nas tarefas mais importantes e não se sobrecarregue com outros trabalhos que podem ser divididos.

3 – Mantenha constante contato com os condôminos

Contato com condôminos não significa somente realizar reuniões informais ou assembléias para discutir questões relevantes. Mais do que isso, é importante que o sindico crie canais de comunicação também indireta com os moradores.

Seja por jornaizinhos, enquetes na portaria, panfletos e, em alguns casos, até sites, o síndico deve sempre criar oportunidades de diálogos com os condôminos para saber suas necessidades, vontades e problemas, melhorando a sua forma de ação.

4 – Saiba ouvir

Criar formas de comunicação efetiva não tem validade se o síndico não souber ouvir.

Tudo que vem do condômino para o síndico deve ser ouvido de forma analítica e imparcial. Afinal de contas, todas dicas e opiniões são validas para que a vida no condomínio seja proveitosa e harmoniosa.

5 – Seja transparente com o que está certo e o que está errado em seu condomínio

Certamente todos gostamos de ver resultados e projetos que trouxeram frutos, principalmente no lugar onde moramos. Porém reconhecer o que está errado, a avaliar e propor melhorias é fundamental para resolver o que é importante no condomínio.

A melhor dica nesse caso é mostrar pontualmente tudo que está errado. Mas, quando os resultados aparecerem, também fazer reuniões pontuais para mostrar esses resultados.

6 – Estimule a participação e convivência entre moradores

A melhor forma de criar uma gestão eficaz é realizar a convivência entre moradores, isso estimula o auxílio mútuo, a compreensão e o respeito entre moradores.

É comprovado que em condomínios em que a integração entre moradores é grande, os problemas diminuem drasticamente.

Sempre que possível, realize eventos, feiras e pequenas reuniões, para que os condôminos possam se encontrar, se conhecer e interagir.

Thiago Badaró é advogado especialista em Direito Condominial e Imobiliário, palestrante e instrutor do Curso Prático de Direito Condominial na Escola Superior de Advocacia.
%d blogueiros gostam disto: