Governança Condominial

Informação do Projeto

Cliente Condomínios e Fornecedores

Descrição do Projeto

O Termo deriva da Governança Corporativa, que por sua vez, foi cunhado no mercado de capitais para identificar as melhores práticas em gestão de empresas de capital aberto. Com o amadurecimento do comércio de ações em bolsas de valores, veio a necessidade de se criar regras que promovessem mais transparência e responsabilidade administrativa.

Não demorou então que se fizesse a relação dessas práticas do mercado corporativo com as atividades de gestão condominial. Que se considere a personalidade jurídica do condomínio distinta das empresas, o modelo de gestão é muito parecido. Soma-se a isso, a demanda crescente por profissionalização da administração de condomínios nos últimos anos, temos o ambiente perfeito para a implantação das práticas de governança também nesses empreendimentos.

A Averd Condominial segue fielmente os princípios básicos da Governança para que a administração do seu condomínio esteja em consonância às expectativas de todos os condôminos e demais interessados que, de alguma forma, estão envolvidos com o dia-a-dia da manutenção predial, seja financeira ou operacional.

São 4 os pilares da Governança Condominial: Transparência, Prestação de Contas, Equidade e Responsabilidade Administrativa.

Em tempos de inconformismo com a corrupção crescendo constantemente, a Transparência nas atividades administrativas são essenciais. Na Averd praticamos o modelo de Gestão à Vista. A Gestão à Vista pode ser considerada uma grande aliada para os processos de comunicar e engajar os condôminos, já que, como o próprio nome diz, informações relevantes são colocadas à vista de todos, permitindo o acompanhamento de indicadores da área, status de projetos e tendências.

Conhecida pelo termo em inglês Accountability no mercado corporativo, a Prestação de Contas orienta os agentes de governança a apresentar os resultados de sua atuação de modo claro, conciso, compreensível e tempestivo, assumindo integralmente as consequências de seus atos e omissões e atuando com diligência e responsabilidade no âmbito dos seus papéis. Nesse caso, agentes de governança são todos os envolvidos de alguma forma com a administração do condomínio, não só o síndico, mas também conselheiros, funcionários e fornecedores.

Equidade caracteriza-se pelo tratamento justo e isonômico de todos os condôminos e demais partes interessadas, levando em consideração seus direitos, deveres, necessidades, interesses e expectativas.

Os agentes de governança devem zelar pela viabilidade econômico-financeira do condomínio, reduzir as externalidades negativas de suas ações e aumentar as positivas, levando em consideração, no seu modelo de gestão, os diversos capitais (financeiro, intelectual, humano, social, ambiental, reputacional, etc.) no curto, médio e longo prazos. Isso é Responsabilidade Administrativa.

Com base nesses princípios, nós da Averd buscamos entregar a melhor experiência em gestão que o seu condomínio pode receber.

* fonte: IBGC

Voltar para o topo